maio 07, 2013

Stand up…comedy


Começa logo com uma fábrica de startups. Vamos lá pedir um job. Ou então temos que ser entrepreneurship, developer, fazer brainstormingbrainwriting&mindmapping sushi cycle. Ou players (não esquecendo o(s) spin off). Depois temos coders, idea starters, um ou outro accoutant e os gamechangers, para nos darem corda. É obvio, já tínhamos por aí os cash and carry, os cash discount e os cash flow, quando a gente pensa que e tal, precisamos de skills e um ou outro stalker ou business developement. Temos de ter cuidado com o rating com o headhunter e um ou outro turnover, mas o que convém mesmo é conhecer um geek. É preciso estar atento ao spread e a um possível dumping, isto para não falar em swaps, defaults e hair cuts. Entretanto, na língua de Camões ficamos com as maturações da dívida e com os produtos tóxicos ou exóticos, e lá ao fundo escuta-se um sonoro: pró caralho!

7 comentários:

Gerónimo cão disse...

já ladroei e depois lincadela. bota o sushi ao lume...não como nada cru nem nesta tasca eheheheheheh

GabrielP. disse...

:) é uma gatunagem que não se pode:)
lincadelas é uma fartura:)uma alta gama de skills
ahahah

Anônimo disse...

:)))
presente no Cão :)

Anônimo disse...

mais uma co-incidência :)))


silvia

GabrielP. disse...


ahahaha já lá irei
isto anda tudo lincado:é preciso ter os olhos bem abertos:)

Anônimo disse...

ei
cambada de jerks...
ihihih

Alfredo BA

GabrielP. disse...

é bem capaz de ser o termo:)

mas preferimos em português!

e o nicha?