fevereiro 08, 2013

Carta da semana: tolerância zero


Companheiros, diz que o carnaval está próximo, mesmo sem tolerância de ponto lá teremos que tolerar as brasileiras lusas e os luso brasileiros portugueses de braga, transidos de frio e com a carne encorrilhada a fazer de conta que estão muito alegrados, e teremos ainda que condescender com outras merdas: o companheiro de luta Passos Coelho mascarado de primeiro-ministro, o companheiro Gaspar disfarçado de ministro das finanças e mais uma pauta de indivíduos ávidos das sobras, fantasiados de ministros, de presidentes de câmara, de presidentes da junta e por aí fora. Por exemplo, o companheiro de luta Seguro vai de António Costa, ao passo que o companheiro António Costa vai de António Costa, não vá o diabo tecê-las. O companheiro de luta Fernando vai de sem-abrigo que através de uma ascensão meteórica um dia acordou como banqueiro Ulrich – isto na terra das oportunidades como a nossa não custa nada! – o companheiro de luta Ulrich como alternativa também pensou em ir mascarado de vocalista de uma banda asfalto gótica austríaca, mas deve ficar-se pela primeira escolha. O companheiro de luta Ricardo Salgado vai mascarado de Ricardo Amnésia Salgado Monte Branco. Aqui na rua vamos todos ao entrudo chocalheiro bem longe, deixamos os oleados e as luzes vermelhas, levamos as putas, os amigos e os vizinhos que não mijem nos arbustos e não se queixem das costas e das cruzes, da pensão da Alemanha, das rendas baixas que (supostamente) cobram aos inquilinos, levamos a Farrusca, o gato, os fantasmas do esquerdo frente, levámos o Tabuletas se ele considerar soltar fogos, e vamos todos assim, mascarados de: VÃO TODOS PARA O CARALHO! 

3 comentários:

Gerónimo cão disse...

astonishing...

tás lá, tás lá...ou isso:)

atés

GabrielP. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
GabrielP. disse...

:)

tá fixe G...

fabuloso os teus miolos à paisana:)

abraço aparece